A concorrência, os impostos e a margem de lucro não deixam opção: para alcançar o sucesso, é preciso aprimorar o desempenho e a produtividade constantemente. O diagnóstico é simples; difícil é aplicá-lo aos processos e ao dia a dia da empresa.

Se você luta diariamente para reduzir custos e não sabe como aumentar a produtividade de seus funcionários, este texto pode ser a solução: reunimos sete dicas para ajudá-lo a alavancar o desempenho e colher os resultados em forma de lucro. Confira.

Clique na Imagem para participar

Mais eficiência, melhor desempenho

Para o mestre em Ciências Contábeis e CEO da Alpha Premium Consultoria e Treinamentos, Ariovaldo Silva, tudo passa pela busca de eficiência. “A produtividade é aumentada basicamente atuando sobre os processos: eliminando os que não agregam valor e reestruturando os não discricionários, a fim de executá-los de forma mais eficiente”, ensina ele.

Mas essa não é uma tarefa simples. Para atuar efetivamente sobre os processos, é preciso entender os fatores que interferem na produtividade e no desempenho de seus funcionários.

Em entrevista para Daniel McGinn, publicada em um artigo na Harvard Business Review, Tony Schwartz, autor do livro Be Excellent at Anything, explica que a nossa energia é dividida em quatro níveis, que interferem diretamente sobre a produtividade:

  • Físico: tem a ver com a saúde, nutrição, sono e necessidades fisiológicas em geral
  • Emocional: diz respeito a cultivar emoções positivas e saber expressá-las
  • Mental: está relacionada ao controle mental e à habilidade de focar a atenção
  • Espiritual: tem a ver com definir um objetivo e dar importância a ele, focalizando as energias.

Enquanto gestor, sua tarefa é trabalhar para que os funcionários tenham esses quatro níveis satisfeitos e consigam produzir o máximo em prol da empresa. Mas como fazer isso?

Melhorando o desempenho da sua empresa

Chega de teoria, é hora de partir para a prática e adotar soluções:

  1. Métricas fazem o trabalho sujo

Investir em softwares e métricas capazes de monitorar o desempenho da empresa de uma forma geral é uma opção interessante para ajudá-lo a tomar decisões. Indicadores analisam desempenhos individuais e geram relatórios, permitindo que você mude a estratégia e entenda o que corrói seus resultados. Sem uma métrica confiável, será impossível agir para melhorar a produtividade.

2. Terceirizar é possível

Em todas as empresas há processos auxiliares que podem ser terceirizados, a fim de cortar gastos, melhorar o resultado – desde que a prestadora contratada seja competente – e permitir que os funcionários foquem na missão da organização.

3. Automatização de processos

Dependendo do ramo de atuação da sua empresa, é possível automatizar processos, conferindo agilidade e velocidade à produção. Essa técnica é válida especialmente para indústrias e linhas de produção.

4. Treinamento e qualificação

Investir no treinamento e na qualificação de seus funcionários permite otimizar os processos: quanto mais qualificados eles forem, mais rápido conseguirão executar suas tarefas, melhorando o desempenho da empresa.

5. Incentivos e motivação

Estimule seus funcionários propondo metas alcançáveis, combatendo a monotonia e premiando-os de acordo com o mérito. Reconhecimento e bonificação são estímulos importantes. A efetividade dessa ação dependerá do perfil de seus funcionários.

6. Menos reuniões, mais ação

Analise o número de reuniões que sua empresa faz semanalmente: todas elas são necessárias? Não há como substitui-las por pequenos encontros diários? Quem sabe a hora do lanche ou do cafezinho não seja suficiente para trocar informações menores, sem o protocolo da reunião? Outra alternativa é reagrupar os funcionários para que interajam mais pessoalmente.

7. Análise da concorrência

Fique de olho nos processos e no desempenho de seus concorrentes. Descubra como eles operam e quais as vantagens em relação à sua empresa. Além de ser uma tática útil para sobrevivência no mercado, pode servir como inspiração.

8. Foco no foco

Trabalhe para eliminar todo o tipo de distração que possa afetar a produção de seus funcionários. Isso não significa, porém, cortar o acesso à internet ou às redes sociais: aprenda a manter os profissionais engajados e combata interrupções desnecessárias, por exemplo.

9. Listas não saíram de moda

A recomendação é antiga, mas não perdeu sua atualidade: estimule seus funcionários a criarem listas de tarefas, anotando-as. A comunicação verbal funciona, mas é documentada que ela ganha efetividade. Use seu cérebro para gerar ideias, e não guardá-las.

10. Invista em Quick Massage

A massagem detêm a maior preferência por parte dos colaboradores. A explicação é simples: ao mesmo tempo em que combate o estresse, previne tendinites, alivia dores musculares, dores de cabeça e etc, a massagem proporciona um momento de descanso prazeroso, onde o colaborador consegue relaxar, respirar, baixar a ansiedade e recuperar o ânimo para retomar suas atividades com muito mais foco e disposição.

Solicite um orçamento! entre em contato clicando (AQUI)

 

Fonte: Destino Negócio

 

Clique na Imagem para participar

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *